Facebook Youtube Share RSS Adicionar aos favoritos Imprimir
Proposta de construção de cobertura no ribeiro de Parada (S. Pedro da Cova) venceu o OP’18
Oito propostas em votação no OP18
Apresentação de propostas para o OP18 até de 3 de outubro
Assembleias Participativas de 18 a 21 de setembro
Orçamento Participativo arranca a 18 de setembro

Oito propostas em votação no OP18

04 de Outubro, 2018
op 18

São oito  as propostas apresentadas no âmbito do Orçamento Participativo (OP) 2018 que estão em votação a partir de hoje e até ao próximo dia 12 de outubro. Após análise técnica, que confirmou a conformidade das propostas apresentadas com as Normas de Funcionamento, o OP18 entra agora numa fase decisiva.


As propostas em votação podem ser consultadas na plataforma do OP.

Podem participar no OP de Gondomar todos os cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, desde que recenseados no Concelho. O portal do OP é a ferramenta essencial para quem quer participar, quer para a introdução de propostas, quer para a sua votação. Pelo que, se pretende participar, é obrigatório o seu registo. Em caso de dificuldade, poderá contar com o apoio da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia da sua área de residência.

Conheça as propostas

  • Com a construção do Parque Urbano de Rio Tinto e com o aumento dos locais para a população circular de bicicleta, há a necessidade agora de haver bicicletas disponíveis ao público em geral e aos jovens em particular. Estas bicicletas estariam na Quinta das freiras e no Parque Urbano de Rio Tinto e seriam partilhadas pela população. 
  • Dinamização de percursos pedestres, de reconhecimento histórico/cultural (antigo traçado da linha férrea que transportava o carvão de S. Pedro da Cova até ao rio Douro, de um enquadramento cénico fantástico (vale do rio Sousa e Ferreira) e de potenciação da atividade física das pessoas, bem como de dinamização do comércio local (restauração, artesanato, apicultura, etc...).
  • A Vivanimal, Associação de Defesa dos Animais de Gondomar, criada em 20 de janeiro de 2003 que intenta suprimir as carências existentes no concelho de Gondomar no que diz respeito à proteção dos animais abandonados. No final de 2017, celebrou um contrato de cedência do espaço do antigo ecocentro de Rio Tinto, com a Câmara Municipal de Gondomar, comprometendo-se à construção das novas instalações para abrigar aproximadamente 372 animais. Para que a Associação possa desde já iniciar a sua atividade no novo espaço, precisa da construção das boxes necessárias para a instalação dos gatos e dos cães que estão neste momento já em posse da Instituição, mas também, de todos que possam entretanto ser entregues ou resgatados. Por outro lado, o recinto necessita de ser devidamente vedado para garantir as condições mínimas de segurança, proceder à reparação/substituição da instalação elétrica no exterior que foi vandalizada e recuperação do edifício existente de modo a poder servir de receção e armazém. Assim, prevemos que os custos com esta adaptação sejam de 43 000 € (quarenta e três mil euros).
  • O ribeiro de Parada divide o Centro Social de Silveirinhos da sede social da Associação Social Estrelas Silveirinhos. Todos os dias, faça chuva ou sol, o passadiço que une ambas as partes, é atravessado por uma vasta comunidade de crianças, jovens e idosos, quer para usufruirem das valências e atividades postas à sua disposição, quer apenas para conviver.Pretendemos cobrir o passadiço com uma estrutura de aço inox e vidro, criando assim as necessárias condições de segurança e proteção a todos aqueles que diariamente o utilizam. 
  • A Pista de Pesca Desportiva de Gondomar a localizar-se nas margens do rio Sousa, na freguesia da Foz do Sousa - Covelo, ocupando cerca de 1/2 quilómetro de extensão. Com pesqueiros e em perfeita sintonia com a natureza, infraestruturas de apoio, tais como, bar, sanitários, entre outras. Pretendemos que seja anfitriã de várias provas de cariz regional, nacional e internacional e de intensa ocupação ao longo do ano pelos gondomarenses, é também um fator contributivo para o desenvolvimento económico do concelho de Gondomar. 
  • Nas margens do Rio Douro, junto ao Polis de Gramido e do areal aí existente, podemos encontrar uma área de enorme potencial lúdico onde proponho a construção de uma praia urbana. Este conceito permite tirar partido das condições actuais do local nomeadamente a existência de um areal ribeirinho não considerado como praia e onde podemos conjuntamente com uma nova estrutura simples constituída por 3 ou 4 zonas com um piso liso de cimento e com diversos pulverizadores e repuxos de águas adicionar a ligação a água de uma forma divertida e segura. Será possível assim refrescar continuamente os utilizadores daquele espaço, fazendo as delícias dos miúdos mas também dos graúdos, oferecendo uma experiência diferenciadora e inovadora na região. 
  • Construção de Parque aquático adaptado a pessoas com deficiência física e motora e mobilidade reduzida, em terreno municipal, estimando-se a obra no valor de 110. 000, 00€. 
  • Construção de Parque Infantil, Corredores Externos Cobertos e Espaço externo coberto na receção ao aluno. 

Ficheiros anexos

Mais imagens